Curitiba mantém alerta constante, durante todo o ano, para evitar a circulação do mosquito da dengue. O Programa Municipal de Controle do Aedes aegypti da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) faz vistorias (inclusive com o uso de drone), monitoramento com implantação de armadilhas ao inseto (ovitrampas), ações pedagógicas, bloqueios epidemiológicos em áreas com focos positivos e casos da doença, o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), conforme diretriz do Ministério da Saúde e, ainda, promove um extenso cronograma de mutirões de limpeza chamado Curitiba sem Mosquito.

Mesmo que ações dos agentes de endemias sejam intensas e constantes, não há logística, trabalho presencial e análise de dados que deem conta dos 432 km² de áreas urbanas e terrenos de Curitiba. É necessário que o cidadão crie e mantenha hábitos de, semanalmente, monitorar e avaliar o seu quintal para evitar possíveis focos de procriação do mosquito.

De acordo com a coordenadora do programa municipal de Controle do Aedes, Tatiana Faraco, 66% dos focos positivos identificados em Curitiba foram encontrados em residências, o que demonstra a necessidade de que cada cidadão faça sua parte.

Dez passos para afastar o Aedes aegypti

1 – Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.

2 – Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.

3 – Não jogue lixo em terrenos baldios.

4 – Se guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo.

5 – Não deixe a água da chuva acumular sobre a laje.

6 – Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.

7 – Se guardar pneus velhos, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.

8 – Limpe as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água.

9 – Lave com frequência, com água e sabão, os recipientes usados para guardar água, pelo menos uma vez por semana.

10 – Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com frequência.