O Athletico saiu na frente no Mineirão, abriu vantagem sobre o América Mineiro, mas sofreu o empate nos minutos finais. Placar final de 2 a 2 na manhã deste domingo (11), que deixa o Furacão com 16 pontos conquistados no Brasileirão.

O Rubro-Negro marcou um gol no início de cada tempo: Vitor Roque no primeiro e Christian no segundo. Mas o time da casa descontou em cobrança de pênalti e conseguiu igualar o marcador quando o cronômetro já apontava 50′ da etapa final.

Agora, o calendário do futebol nacional terá uma pausa de dez dias, durante o período da data FIFA. O time rubro-negro volta a jogar apenas na quarta-feira da semana que vem (21/6), novamente pelo Brasileirão, contra o São Paulo, no Morumbi.

O Jogo

O primeiro gol rubro-negro saiu aos 8′. Logo após o América acertar uma bola na trave e Zé Ivaldo afastar pela linha de fundo.

Na cobrança do escanteio, Hugo Moura cortou e Vitor Roque tocou para Fernando. O lateral-esquerdo avançou por quase todo o campo, deixou para trás os buracos do gramado e viu Vitor Roque pedindo no meio da área. Cruzamento perfeito e cabeçada certeira!

Com a vantagem no placar, o Athletico administrou o jogo na primeira etapa. E quando o América chegou com perigo, Bento apareceu sempre com segurança.

E depois do intervalo, dois minutos bastaram para o Furacão ampliar. Thiago Heleno tocou para Hugo Moura, que levantou na área. Pelo lado esquerdo, Christian apareceu livre no segundo pau e estufou a rede.

O Athletico teve oportunidades de ampliar. Aproveitando a sobra após um escanteio, Fernando chutou com muito perigo de fora da área. E Vitor Roque quase marcou de bicicleta, aproveitando um cruzamento de Madson.

Aos 27′, em um chute de Juninho de fora da área, a bola bateu na mão de Canobbio. Após checar o lance no VAR, o árbitro marcou pênalti. Wellington Paulista bateu com uma imensa paradinha e Bento defendeu, mas no rebote o próprio Wellington marcou.

O jogo seguiu com o América tentando o empate, sem conseguir criar jogadas de perigo. Mas já nos acréscimos, aos 50′, um cruzamento encontrou Danilo Avelar, que disputou com Madson e conseguiu tocar de cabeça para empatar.