24.9 C
Curitiba
quinta-feira, 22 fevereiro 2024

É Tempo De Escolha!

Entrei na loja por impulso. Nada me faltava. Não naquele momento. Era loja de departamentos. Muita coisa para se ver. Para se comprar. Para se provar. Era uma questão de escolha. Não entrei naquela loja por acidente, por impulso como havia dito. Fiz uma escolha. Poderia não ter entrado nela, não havia necessidade. Mas escolhi entrar. Algumas pessoas escolhiam as suas necessidades: sapatos, celulares, casacos; comprar, passar o tempo, perder tempo. Encontrava-me nessas duas últimas categorias.

O tempo que tinha… parei nessa frase a meditar. Quanto tempo eu ainda tinha? E se tenho, quanto ainda há? E do tenho ao tinha é fração de segundo! Estou perdendo muito tempo aqui. Bem, ainda continua uma escolha. A questão é: eu escolho como “gastar” o meu tempo, um bem finitamente imensurável, um bem que não é meu, que não consigo produzir, como uma bolha de sabão se dissipará. Olhei em volta e me perguntei: quanto tempo essas pessoas ainda têm? E eu, o que tenho ainda? O apóstolo Paulo dizia aos efésios “aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus.” (Efésios 5:16), mas isso foi dito a 2000 anos! E como continua atual. Analisando a expressão de Paulo, devemos fazer boas escolhas porque os dias são maus. Para isso, o apóstolo nos aconselha “Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios,” (Efésios 5:15). Eu não queria levar nada mesmo da loja, estava só “matando o tempo”! não gastei um centavo, mas, sim, um tempo precioso.

E como ser sensato em um mundo sem senso? Como discernir o bem do mal? Como ser absoluto em uma sociedade que se relativiza? É preciso escolher aquilo que é imutável, sábio e coerente. E o que poderia ser imutável? “A erva seca e as flores caem, mas a palavra do nosso Deus permanece para sempre” (Isaías 40:8); “De fato, eu, o Senhor, não mudo. Por isso vocês, descendentes de Jacó, não foram destruídos” (Malaquias 3:6). Deus é aquele que não muda, Ele é coerente e é a própria fonte de sabedoria! E muito importante: sabe quanto tempo ainda tenho. Então eu escolho Deus, pois sei que o tempo que tenho Ele o fará ser os melhores tempos, porque na Sua presença há luz, há paz, há sabedoria, não há dúvida!

Não há dúvida, meu tempo é precioso, e por isso não posso desperdiçá-lo, não posso “matá-lo”, não posso “gastá-lo”, mas devo investir no bem que o Senhor tem me dado diariamente porque não sei até quando o terei. Porém em que investir? Diz assim a Palavra: “Se vocês de fato obedecerem à lei do Reino encontrada na Escritura que diz: “Ame o seu próximo como a si mesmo”, estarão agindo corretamente” (Tiago 2:8). Saí da loja sem nenhuma sacola, mas agradecendo a Deus pela oportunidade de refletir sobre as escolhas que posso fazer enquanto tempo tenho. Obrigado ao Deus doador da nossa vida!

Jarbas J Silva
Jarbas J Silva
Professor de Língua Portuguesa, especialista em Leitura e Interpretação de texto, Pastor, Escritor e compositor

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 114 | JANEIRO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS