12 C
Curitiba
terça-feira, 16 julho 2024

Em 5 anos, programa Bom Negócio ajudou 30 mil pessoas em Curitiba a empreender melhor

Nesta terça-feira (5/9), o programa Bom Negócio completa cinco anos de capacitação empreendedora e gratuita para quem tem um negócio ou quer começar a empreender em Curitiba. Relançado em 2018 pelo prefeito Rafael Greca, já contribuiu com novos conhecimentos para 29.533 mil pessoas, com olhar inovador, tecnológico e gestão criativa.

Os cursos e eventos promovidos pelo Bom Negócio são ofertados gratuitamente à população pela Prefeitura de Curitiba e o Vale do Pinhão, por meio da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.

Em sua nova versão, o Bom Negócio ganhou novos cursos, manteve-se ativo durante a pandemia – no formato online – e atualmente tem sete jornadas, que totalizam 175 horas/aula e contribuiu para gerar novos negócios, entre eles, startups, em diferentes áreas.

“O novo Bom Negócio teve uma reformulação cuidadosa, com mobilização de 23 integrantes do nosso ecossistema de inovação, entre universidades, entidades de fomento, especialistas em gestão e o terceiro setor e o resultado é novos empreendedores mais conscientes de como administrar seus negócios”, destaca o presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Dario Paixão.

O programa prevê o uso da tecnologia como aliada do crescimento, a adoção de gestões mais modernas, o compartilhamento de ideias e a aposta na economia criativa e colaborativa como estratégia de desenvolvimento.

Empreendedorismo inovador

Nesse novo modelo, micro e pequenos empreendedores convencionais e de alto impacto (startups) de Curitiba são preparados para adotar uma nova cultura de negócios, aliando o uso da tecnologia

 As aulas presenciais são realizadas em universidades da cidade, com professores dessas instituições e com outros parceiros de referência em negócios, finanças e empreendedorismo.

Entre os parceiros, estão UFPR, UniCuritiba, Universidade Positivo e Uninter, além de instituições de renome como Sebrae-PR, Viacredi, Kenzie Academy e Isae/FGV Escola de Negócios.

Neste mês de setembro, o Bom Negócio iniciou a segunda edição de 2023 do curso de Estratégias para MPEs, realizado presencialmente na Universidade Positivo.

Também fazem do programa os cursos de Finanças, Perfil Empreendedor, Marketing e Vendas, Startup, Gestão de Empresas (online e assíncrono) e Tecnologia (online e assíncrono) –, todos promovendo o aprendizado na prática, com certificação com selo da Agência Curitiba e validação da Fomento Paraná.

A opinião de quem já passou pelo Bom Negócio

“São ótimos professores, que compartilham todo seu conhecimento, com as aulas que instigam a gente a pensar fora da caixa sobre as estratégias de mercado que são aplicáveis nas nossas empresas.”

Fábio Baldini, engenheiro de Produção Mecânica e mestrando em Inteligência Artificial, fez o curso de Marketing e Vendas em 2023

“A gente aprende a montar o plano [de negócio], analisando todas as ferramentas e oportunidades. Também aprendi sobre Marketing. Percebi que estava cometendo alguns erros e ficando naquele círculo vicioso, sem saber como mudar.”

Heloisa Soares, comerciante de roupas em Santa Felicidade, participou do Bom Negócio em 2018

“Eu precisava entender meu cliente e saber como atuar, principalmente, com Marketing Digital. Agora me sinto mais preparada para a concorrência, que é cada vez maior.”

Aline de Paiva, comerciante de eletrônicos no Centro, formou-se no Programa Bom Negócio em 2018

“[Durante o curso] Interagimos com outras pessoas que passam pelas mesmas dificuldades, vemos que não estamos lutando sozinhos.”

Paula de Paula, economista e dona de um brechó, formou-se no Bom Negócio em 2019

“O curso on-line é feito para que haja uma troca de ideias e conexões entre todos os participantes. Minha empresa nasceu com o Bom Negócio, as aulas foram importantes para eu entender melhor sobre desafios diários, como gestão, marketing, finanças e relacionamento com o cliente.”

Damião Janiedson de Lima, formado em Filosofia e Letras e mestrado em Educação, cursou o Bom Negócio em 2020, na versão online, durante a pandemia

“Com o curso, desenvolvi um plano de negócios da empresa e busquei conexões e networking para criar inovação no surfe. Se tivesse o Bom Negócio feito no começo da marca, já estaria em outro momento de crescimento.”

Jean Cezar de Oliveira, designer de produto, participou de todas as etapas do Bom Negócio online em 2021, durante a pandemia

“Faço o gim até com o pé nas costas, mas eu precisava pensar no crescimento da empresa. O Bom Negócio foi essencial para eu projetar custos, precificar o produto e, principalmente, ampliar meus contatos comerciais. Três meses depois do programa, eu já tinha dobrado meu lucro.”

Thais Romfeld de Lima, produtora de gim, fez o Bom Negócio em 2022

“O Bom Negócio foi um divisor de águas na minha vida, essencial para direcionar o futuro da minha empresa. Com base no que aprendi ali, todos os outros aprendizados do processo de administração, criação e marketing de um produto foram mais fáceis de explorar.”

Claudemir de Souza, pesquisador e doutor em Biologia Molecular fez o Bom Negócio em 2022, em que adquiriu conhecimentos para estruturar e abrir sua startup, a Equalis Solutions

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 120 | JUNHO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS