21.8 C
Curitiba
segunda-feira, 4 março 2024

Em parceria com as Agências do Trabalhador, EPR Litoral Pioneiro contratará 400 pessoas

Em parceria com a rede de Agências do Trabalhador, que administra o sistema Sine, a concessionária EPR Litoral Pioneiro, que administrará 605 quilômetros de rodovias entre os municípios litorâneos, Campos Gerais e o Norte Pioneiro, pretende contratar 400 pessoas nos próximos meses. 

São vagas para diversos postos, que vão da área operacional, engenharia, administração, entre outras. Essas oportunidades serão anunciadas e preenchidas conforme a demanda e o avanço no processo de instalação a empresa no Lote 2.

Na terça-feira foi realizado um primeiro mutirão para contratação de arrecadadores de pedágio, inspetores de tráfego, atendentes de Centro de Controle Operacional entre outras vagas na cidade de Morretes. Foram 60 vagas disponibilizadas somente neste processo. A estimativa é que nas próximas duas semanas mais de 115 colaboradores sejam contratados em diferentes posições e regiões.

A ideia é que outros mutirões ocorram em diferentes municípios para oportunizar os interessados a concorrer aos postos. Para se candidatar a uma das vagas os interessados devem encaminhar currículo para: grupoepr.com.br, buscando pelo link Trabalhe Conosco.

CONTRATOS ASSINADOS – Os contratos de concessão das rodovias dos Lotes 1 e 2 foram assinados na terça-feira (30), em Brasília, pelo governo federal, Governo do Paraná e as empresas Via Araucária e EPR Litoral Pioneiro, que arremataram os leilões. Com isso, as concessionárias passam a administrar mais de mil quilômetros de rodovias estaduais e federais de Curitiba, Região Metropolitana, Litoral, Campos Gerais e Norte Pioneiro, com previsão de investimento de R$ 30,4 bilhões (R$ 18,7 bilhões em grandes obras e R$ 11,7 bilhões em manutenção) nos trechos ao longo de 30 anos, até 2054.

As duas concessionárias estão trabalhando nas estruturas das praças de pedágio desde o final do ano passado, mas o prazo da concessão só passa a contar a partir da Data da Assunção, caracterizada pela assinatura do Termo de Arrolamento e Transferência de Bens, o que deve ocorrer nos próximos 30 dias.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 114 | JANEIRO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS