Secretaria de Estado da Educação do Paraná, Colégio Estadual Zumbi dos Palmares em Colombo recebe remessa de mereanda escolar da agricultura familiar e congelados. 09-03-16. Foto: Hedeson Alves

As 2,1 mil escolas da rede estadual de ensino começaram a receber nessa semana os alimentos provenientes da agricultura familiar. As entregas de frutas, verduras, legumes e hortaliças são feitas semanalmente às escolas pelas cooperativas e associações. Em 2016, serão destinados R$ 100 milhões para a compra dos alimentos para a merenda escolar, que atende diariamente mais de 1 milhão de alunos.

O Paraná é o único estado do Brasil que supera a meta de comprar 30% de produtos da agricultura familiar para a merenda. Em 2015 foram adquiridos 41% de alimentos oriundos de produtores familiares rurais.

A variedade dos alimentos da agricultura familiar que compõem a alimentação escolar enriquece o cardápio servido nas escolas paranaenses. “A variedade facilita o trabalho das profissionais que preparam a merenda e torna as refeições mais nutritivas, coloridas e saborosas, garantindo aos alunos energia para seu crescimento e para o processo de ensino e aprendizagem”, destacou a coordenadora de Alimentação e Nutrição Escolar, Marcia Stolarski.

A primeira remessa de alimentos não perecíveis que inclui açúcar, arroz, cereais, biscoito, chá, ervilha, milho verde, feijão e macarrão, também está chegando às unidades. Está em fase de organização a entrega de carnes de frango, bovina, suína e peixes.

DIRETO DO PRODUTOR – Nessa terça-feira (8), a Associação para o Desenvolvimento da Agroecologia do Paraná (Aopa) de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, entregou bananas, maçãs, acelga, repolho, cebolinha verde e beterraba ao Colégio Estadual Zumbi dos Palmares, no mesmo município. Os alimentos vão incrementar o cardápio preparado pela merendeira Célia Marques Bonfim Gome para cerca de mil alunos.

“Com essa variedade posso elaborar cardápios diferentes toda semana e que os alunos gostam”, disse Célia. A escola também recebeu a primeira remessa de carne bovina.

A cozinheira, que trabalha no colégio há 11 anos, já conhece bem quais as refeições que mais agradam Aos estudantes. “Eles gostam mais dos pratos salgados porque essa é a principal refeição do dia para muitos alunos. Alguns não gostam de certos alimentos, mas coloco um ingrediente a mais e mudo a cara do prato. Eles adoram”, explica Célia.

Os produtos da Agricultura Familiar compreendem 12 grupos que incluem frutas, hortaliças e pinhão, legumes, tubérculos, temperos, leite, lácteos (queijos, iogurte entre outros), panificados, carnes, sucos, complementos (geleia e doces), feijões e cereal. Os produtos são entregues toda semana direto nas escolas.

MERENDA ESCOLAR – A lista de alimentos entregues às escolas contemplam mais de 140 itens divididos em três grupos – produtos não perecíveis, entregues quatro a cinco vezes por ano; alimentos congelados (carnes e peixes), entregues a cada 15 dias; alimentos da agricultura familiar, que são encaminhados semanalmente às escolas.

Além dos produtos, as cozinheiras recebem um kit com orientações sobre o preparo dos alimentos, higiene com as mãos e ações de prevenção de acidente e de doenças relacionadas ao trabalho. Esse material é entregue junto com a merenda escolar. As merendeiras também recebem um diário para registrar suas atividades, além de um cardápio semanal no qual os estudantes podem acompanhar o que será servido nas refeições.