Três Casas da Leitura da Fundação Cultural de Curitiba retomaram este ano as atividades de contação de histórias aos sábados. As Casas da Leitura Manoel Carlos Karam (Parque Barigui), Hilda Hilst (Rua da Cidadania do Cajuru) e Wilson Bueno (Portão Cultural) oferecem a atividade das 15h às 16h, com entrada grátis

Depois de suspender o serviço por quase dois anos em razão da pandemia de covid-19, esses espaços querem atrair de volta o público que já costumava participar das atividades nas tardes de sábado.

“Estamos num processo de retomada e as pessoas estão começando a se acostumar a incluir esse tipo de atividade em sua programação do fim de semana”, explica a contadora de histórias e mediadora de leitura da Fundação Cultural de Curitiba, Sueelem Witsmiszyn.

A contação de histórias nas Casas da Leitura é dirigida a crianças e adultos, por isso o repertório é bem variado e escolhido no momento da atividade, dependendo da faixa etária do público presente. “Apresentamos contos tradicionais do Brasil, mas quando as crianças são muito pequenas, adotamos livros com muitas imagens e histórias de repetição”, esclarece Sueelem.

A Casa da Leitura Miguel de Cervantes, no Farol do Saber da Praça Espanha, e o Bondinho da Rua das Flores também atendem aos sábados para empréstimo de livros.

Contação de histórias aos sábados

Casa da Leitura Hilda Hilst – das 11h às 17h
Av. Prefeito Maurício Fruet, 2150 – Cajuru

Casa da Leitua Manoel Carlos Karam – 13h às 17h
Rua Batista Ganz, 453 – Santo Inacio

Casa da Leitura Wilson Bueno – 10h às 19h
Av. Rep. Argentina, 3430 – Portão

Casa da Leitura Miguel de Cervantes – 10h às 14h
Praça Espanha, s/n, R. Cel. Dulcídio – Bigorrilho

Bondinho da Rua das Flores – 10h às 14h