Desta vez, o começo do jogo foi perfeito para o Furacão. Pablo já havia tido uma boa oportunidade ao receber passe de Canobbio, quando saiu a jogada do primeiro gol. Aos 9′, Terans tocou para Khellven, que foi à linha de fundo e cruzou. A bola passou por Canobbio e Cuello apareceu na segunda trave e, quase sem ângulo, encheu o pé!

E apenas quatro minutos depois, aos 13′, aconteceu a primeira pintura de Terans. Ele recebeu passe de Abner, passou pelo marcador com um toque de letra, ganhou na corrida e rolou para Canobbio finalizar!

Com dois gols, o Furacão passou a administrar a vantagem, controlando a partida e fechando os espaços para o adversário. Terans ainda teve mais uma oportunidade na primeira etapa, em um chute rasteiro defendido pelo goleiro.

O segundo tempo começou com o Dragão assustando e obrigando Bento a fazer uma linda defesa em chute de Churín. Mas foi o Furacão quem logo voltou a marcar, em mais uma jogada fantástica de Terans.

Aos 3′, o craque uruguaio recebeu passe de Cuello pela esquerda, dominou com muita categoria e mandou uma bomba de fora da área, que encobriu o goleiro e entrou na gaveta! Um verdadeiro golaço, ampliando a vantagem para 3 a 0.

O Athletico voltou a chegar com perigo em mais um chute de Terans, que o goleiro Ronaldo defendeu. E também em um chute de fora da área de Hugo Moura, que parou em mais uma boa defesa.

Mas no momento em que o Athletico deu espaços, o adversário conseguiu descontar. Aos 33′, Kelvin recebeu lançamento e acertou um bonito chute de fora da área.

Neste momento, Fernandinho já estava em campo, no lugar de Erick. E o ídolo rubro-negro entrou com muita vontade. Se movimentando bastante, se apresentando para as jogadas e pedindo a bola em muitos momentos.

O esforço deu resultado aos 49′. Ele recebeu a bola de Hugo Moura, levantou a cabeça e mandou um cruzamento perfeito para Léo Cittadini, que entrava pelo meio da área. Toque de cabeça e mais um gol do Furacão!