14.1 C
Curitiba
quarta-feira, 22 maio 2024

Governador visita São Mateus do Sul, uma das cidades mais afetadas pelas chuvas

O governador Carlos Massa Ratinho Junior visitou na noite desta quarta-feira (18) a cidade de São Mateus do Sul, uma das mais atingidas pelas chuvas dos últimos dias no Paraná.

“Estamos indo com parte da nossa equipe nos juntar aos profissionais que já estão trabalhando há mais de 10 dias nas cidades afetadas por essa que já é a terceira maior cheia da história do Rio Iguaçu”, afirmou o governador. “É uma forma de prestar a nossa solidariedade às famílias atingidas e também demonstrar a nossa gratidão às equipes do Governo do Estado e dos municípios que trabalham 24 horas por dia no atendimento à população”, complementou.

Mais cedo, em Curitiba, o governador deu seguimento à agenda de tratativas visando angariar novos recursos e ampliar as medidas de auxílio à população afetada.

No período da manhã, ele se reuniu de maneira virtual com as equipes estaduais envolvidas na força-tarefa e com os prefeitos das cidades atingidas para dar encaminhamento às demandas dos municípios. Na oportunidade, ele anunciou a liberação de R$ 30 milhões em linhas de crédito para a recuperação de estradas rurais, a oferta de empréstimos com juro zero e carência de até três anos para micro, pequenos e médios empresários prejudicados.

Além de prestar contas sobre os donativos já enviados através da Defesa Civil e da Ceasa-PR, Ratinho Junior também confirmou a chegada de mais 580 cestas básicas em União da Vitória e a preparação de um novo lote que será enviado até esta sexta-feira (20) para a cidade. O governador também citou o envio de 8 toneladas de carne de frango que foram doadas pelas cooperativas Copacol, C.Vale, Copavel e Lar.

REFORÇO NO EFETIVO – O governador também confirmou o reforço ainda maior das equipes da Defesa Civil, Bombeiros e Polícia Militar na região Sul do Paraná devido à previsão de continuidade das chuvas para os próximos dias. “As notícias para os próximos dias infelizmente não são boas, com previsão de novas chuvas, o que deve manter os níveis do rio elevados, obrigando a população a permanecer fora de suas casas”, disse.

“Quero registrar minha gratidão à população do Paraná, às empresas e cooperativas, à Ceasa e aos agricultores que têm feito um trabalho social de levar segurança alimentar às famílias afetadas. Esperamos que esse momento passe o mais rápido possível e na medida do possível, mas o Estado continuará trabalhando para amenizar o sofrimento dos paranaenses”, concluiu Ratinho Junior.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS