14.1 C
Curitiba
quarta-feira, 22 maio 2024

Importante artéria da região central de Curitiba, Mariano Torres ganha asfalto novo

A Rua Mariano Torres, importante artéria da região Central, que serve como acesso de quem chega à Curitiba a partir da Avenida das Torres e da Rodoferroviária, está recebendo obras de requalificação. A Prefeitura de Curitiba, a partir do programa Asfalto Novo, de recuperação da malha viária da cidade, está com ações de fresa e recape do pavimento para a manutenção de 1.400 metros da rua, nas duas pistas.

As obras acontecem no trecho compreendido desde o Viaduto Colorado e Avenida Presidente Afonso Camargo até o cruzamento com a Rua Carlos Cavalcanti, quase em frente ao Passeio Público. Local de tráfego intenso, comércio e corredor de 12 linhas do transporte coletivo, as obras acontecem das 9h às 17 horas, evitando os horários de pico.

“No coração de Curitiba estamos executando asfalto novo, requalificando o pavimento da Mariano Torres, importante espinha dorsal do trânsito curitibano. Uma obra que serve a todos os bairros da cidade”, diz o prefeito Rafael Greca.  

Os serviços de fresa e recape avançam quadra a quadra, com bloqueios temporários das pistas conforme as máquinas avançam. Os trechos e seus cruzamentos estão sinalizadas e contam com orientação de agentes da Superintendência de Trânsito (Setran). Motoristas devem reduzir a velocidade e redobrar a atenção ao passar pela obra e, se possível, buscar caminhos alternativos.

Cronograma de obras

A previsão é de que os serviços sejam concluídos nas primeiras semanas de fevereiro, mas o cronograma das obras pode sofrer interferência em função das condições climáticas.

Na pista da esquerda, sentido Avenida Presidente Afonso Camargo em direção à Amintas de Barros, os serviços devem ser concluídos até a próxima segunda-feira. Na sequência os trabalhos acontecem na pista da direita onde o pavimento antigo já foi retirado em parte da extensão.

Fresa e recape

No processo de fresa e recape, é realizado o corte de uma ou mais camadas do pavimento asfáltico, conforme espessura definida, na remoção da camada envelhecida e na aplicação de nova camada de revestimento asfáltico. O objetivo é reestabelecer as condições iniciais das ruas, com mais conforto e segurança para motoristas e passageiros.

“Aqui na Mariano Torres avançamos no lote de obras para requalificação das vias na região central, que pelas suas características beneficiam a população de forma geral, pois todos acabam circulando pelo Centro. Paralelamente temos outras frentes de trabalhos fazendo a manutenção do pavimento em vias dos bairros”, explica o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Araújo Rodrigues.

Para Devanir dos Santos, que há 25 anos trabalha como taxista na cidade, a manutenção feita no pavimento da Rua Mariano Torres vai representar mais conforto e economia. “Com piso lisinho o desgaste do carro é menor, não precisamos desviar buracos, reflete em economia de pneus, combustível. A viagem fica mais confortável para o passageiro e para o motorista e a cidade fica ainda mais bonita estando bem cuidada”, disse Santos.

Pela cidade

As obras integram o programa Asfalto Novo, voltado à recuperação da malha viária de Curitiba. Lançado em 2017, o programa idealizado pelo prefeito Rafael Greca superou os 763,2 km de asfalto novo. São 1.336 ruas beneficiadas com intervenções concluidas ou em andamento, sendo que algumas ruas receberam mais de uma intervenção em diferentes trechos. Somente em 2022 foram concluídas 208 ações, assegurando 88.915 metros de asfalto novo na cidade.

As ações priorizaram ruas com unidades de saúde e escolas; as que servem de ligação entre bairros e estão no itinerário do transporte coletivo; e, ainda, aquelas escolhidas pela população pelo 156 e Fala Curitiba.

O maior volume de obras (87%) acontece em bairros afastados do Centro.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS