24.9 C
Curitiba
quinta-feira, 22 fevereiro 2024

Justiça no minuto final!

A luta do Furacão até o último minuto valeu a pena! Com um gol aos 44′ da etapa final, o Athletico colocou justiça no placar da Ligga Arena. Vitória de 2 a 1 sobre o Internacional, mais três pontos na classificação e volta ao G6 do Brasileirão!

Depois de perder Madson e Vitor Roque antes de o cronômetro marcar 10′, o Rubro-Negro abriu o placar com um golaço de Erick. O Inter empatou ainda no primeiro tempo. E na etapa final, após acertar duas bolas na trave, Alex Santana faz o Caldeirão explodir.

Com o resultado, o Furacão volta à zona de classificação para a CONMEBOL Libertadores. Agora, é o sexto colocado, com 40 pontos. O próximo desafio é o clássico Athletiba. E o Rubro-Negro vai em busca de um lugar cada vez mais alto na tabela!

O Jogo

A partida começou com duas baixas. Logo no primeiro minuto, Madson sentiu uma lesão muscular e teve que ser substituído por Bruno Peres. Pouco depois, aos 10′, Vitor Roque levou uma entrada dura de Nico Hernández, torceu o tornozelo e deu lugar a Pablo.

O Athletico foi se adaptando às mudanças. O gol quase saiu em um lindo passe de Fernandinho para Zapelli, que bateu por cobertura, mas parou em uma grande defesa do goleiro do Inter.

E aos 23′, Zapelli bateu escanteio pela direita. A zaga afastou parcialmente e Fernandinho tocou de cabeça para meio da área. Lá estava Erick, que matou no peito, girou e mandou uma bomba. Golaço do camisa 26 do Furacão!

O Inter foi em busca da reação. E aos 35′, conseguiu igualar o placar em um belo chute de De Pena de fora da área.

O Furacão esteve perto de marcar o segundo ainda na primeira etapa, em uma grande jogada. Canobbio avançou no meio de três adversários e tocou para Vitor Bueno. Com um passe alto, ele devolveu para Canobbio, que bateu de primeira, em cima do goleiro.

Após o intervalo, o Furacão teve sua primeira oportunidade em uma cobrança de falta de Vitor Bueno, que mandou uma bomba no canto direito. Rochet defendeu novamente.

E quando o Inter chegou com perigo, em uma cabeçada de Luiz Adriano, foi a vez de Léo Linck aparecer, com uma grande defesa à queima-roupa.

O Athletico não desistia da vitória. Erick teve mais uma boa chance, mas chutou em cima da zaga. Em escanteio, Thiago Heleno ganhou da zaga colorada e cabeceou na trave! Zapelli, em jogada individual, mandou muito perto do gol. E Canobbio, recebendo nas costas da defesa, tocou na saída do goleiro e também acertou o poste!

O Furacão merecia a vitória. E ela veio aos 44′. Da intermediária, Canobbio mandou um cruzamento perfeito. Bola na cabeça de Alex Santana. O goleiro ainda tocou na bola, mas ela só parou no fundo da rede!

Clube Athletico Paranaense
Clube Athletico Paranaensehttps://athletico.com.br/
Clube Athletico Paranaense é um clube de futebol brasileiro, da cidade de Curitiba. Foi fundado em 26 de março de 1924, a partir da fusão do International Foot-Ball Club e do América Futebol Clube. Suas cores tradicionais são o preto e o vermelho, que lhe rendem a alcunha de rubro-negro.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 114 | JANEIRO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS