O Paraná Clube fez um bom primeiro tempo, saiu na frente, mas não conseguiu traduzir isso em vitória. Na Arena Barueri, ficou no empate por 1×1 com o Oeste e fecha essa rodada do Campeonato Brasileiro na 11ª colocação. Com um desempenho idêntico ao do primeiro turno, o Tricolor sabe que terá que emplacar uma sequência de bons resultados para seguir com chances de acesso à primeira divisão.

O técnico Matheus Costa apostou na manutenção da mesma equipe da rodada passada. Com boas jogadas pelos lados, começou o jogo levando perigo à meta de Luís Carlos. Aos 6 minutos, na cobrança de escanteio, Rodolfo subiu sozinho, mas cabeceou para fora. O Oeste tentou reagir num chute de fora da área de Fábio, mas a bola foi pela linha de fundo.

Numa cobrança de falta ensaiada, Bruno Rodrigues “cavou” e Judivan chegou batendo para a defesa do goleiro do Oeste. Aos 21 minutos, o Paraná abriu o placar. Jenison roubou a bola de Egon na direita e cruzou para o arremate de Vitinho: 1×0. O jogo estava controlado, mas aos 29 o Tricolor vacilou na marcação. Bruno Lopes bateu para a defesa de Thiago Rodrigues. Na sobra, Fábio empatou o jogo: 1×1.

Logo depois, Jenison recebeu lançamento de Bruno Rodrigues e bateu para a defesa de Luís Carlos. Matheus Costa pediu para o time seguir na mesma batida no segundo tempo. Logo aos 3 minutos, num recuou de bola, Luís Carlos vacilou no domínio e a bola sobrou para Jenison. Mas, pressionado pelo goleiro e pela marcação, o artilheiro não conseguiu mandar a bola pra rede.

A partir daí, o jogo ficou muito truncado e com poucas chances de gol. Mesmo com as mudanças dos treinadores, o cenário pouco se alterou. Nos acréscimos, após jogada de Guilherme Santos pela esquerda, Rafael Furtado fez o gol, mas a jogada foi anulada: impedimento do atacante paranista. Agora, Matheus Costa terá uma semana para ajustar a equipe. No sábado, o duelo será com o Coritiba, na Vila Capanema.