12.9 C
Curitiba
quarta-feira, 24 julho 2024

Prefeitura de Curitiba prepara consulta para ouvir a população a partir de março

Faltando duas semanas para o início da participação popular no Fala Curitiba, começa nesta segunda-feira (19/2) a fase de apresentação da consulta pública para lideranças comunitárias. Serão dois encontros por noite até a próxima sexta-feira (23/2), abrangendo as dez regionais administrativas da cidade.

Este é o segundo ano em que os representantes são chamados para conhecer o funcionamento da ferramenta de participação popular. O objetivo, explica a diretora de Planejamento, Pesquisa e Inovação do Imap (Instituto Municipal de Administração Pública), Adriane Cristina dos Santos, é reforçar a importância da participação dos moradores e apresentar o cronograma de funcionamento da consulta para os representantes das comunidades.

“É uma parceria que, sem dúvida, ajudará muito no trabalho de sensibilização dos moradores a participar e escolher entre 65 ações em 17 políticas públicas nas duas primeiras fases da consulta e, na fase final, entre cerca de 30 prioridades coletivas”, explica a gestora.

Roteiro

De 1º a 30 de março, o público poderá usar a internet ou o Fala Móvel – um dos quatro carros caracterizados que estacionarão em endereços pré-determinados para a participação na consulta por meio impresso. Será o momento para apontar as sugestões para a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

De 1º/4 a 28/6, será a vez de opinar sobre as prioridades nas reuniões presenciais nos bairros. Dependendo da quantidade de indicações de moradores para uma mesma ação, somadas aos votos dados na reunião final, poderão ser incluídas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LOA).

Os encontros regionais acontecerão de 22/4 a 08/5. Já a reunião final, com a divulgação das indicações eleitas, ocorrerá de 24/6 a 28/6.

Reconhecimento internacional

Entrando em sua oitava edição, o Fala Curitiba acaba de ser distinguido com um prêmio internacional. Foi o Government Excellence Awards (Prêmio Excelência em Governo), promovido pelos Emirados Árabes Unidos e anunciado durante o World Governments Summit (Cúpula Mundial de Governos), em Dubai. A solução curitibana foi vencedora na categoria Engajamento Cívico e Empoderamento da Comunidade.

Em 2018, a iniciativa foi apontada pela Organização das Nações Unidas como exemplo de governança. Sua concepção, funcionamento e resultados foram descritos em uma publicação da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) – uma das cinco comissões regionais da ONU.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 121 | JULHO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS