20 C
Curitiba
quinta-feira, 23 maio 2024

Quarta vitória e liderança isolada

Líder isolado e com aproveitamento total. Na Vila Capanema, diante do Rio Branco, o Paraná Clube emplacou a sua quarta vitória seguida no Campeonato Paranaense 2016. Com os 2×0 sobre o representante do litoral, o Tricolor igualou a sua melhor marca, que havia sido registrada duas vezes (em 1994, com Levir Culpi, e em 2000, com Leomir de Souza). Claudinei Oliveira destacou a aplicação e a garra do time, que não desistiu em momento algum e “martelou” até definir mais três pontos.

“Dá gosto de ver a união desse grupo. Hoje, no vestiário, estavam todos os jogadores, mesmo aqueles que não foram relacionados. Um sinal de o quanto eles estão querendo escrever uma nova história para o clube”, destacou Claudinei. O Paraná iniciou a partida como a mesma força de jornadas passadas. Encurralando o adversário e minando a zaga parnanguara. Aos 14 minutos, numa “blitz”, o Tricolor quase marcou com Nadson e Robson. Porém, a ausência do gol começava a incomodar. “Tivemos um momento de instabilidade. É normal, mas temos que evitar que ocorra”, comentou o treinador.

Na fase final, com maior equilíbrio, o Paraná seguiu encurralando o Rio Branco. Nadson, após uma jogada precisa de Lúcio Flávio, só parou no goleiro Edvaldo. Logo depois, Luiz Felipe acertou a trave. O gol, suado, veio aos 28 minutos. No cruzamento de Fernandes, o zagueiro Alisson tirou com a mão e o árbitro marcou o pênalti. Lúcio Flávio esbanjou categoria e, de “cavadinha”, fez a torcida tricolor explodir: 1×0. Com a vantagem, o Tricolor tocou a bola com precisão, até fechar a sua quarta vitória seguida com Robson. O atacante recebeu em velocidade, limpou o zagueiro e acertou o canto esquerdo: 2×0 e o time de Claudinei Oliveira segue 100%. No sábado, tem mais, na Vila, agora contra o Toledo.

Fonte: site oficial do Paraná Clube

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 118 | MAIO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS