15 C
Curitiba
segunda-feira, 20 maio 2024

Regional Matriz espera 300 novos inscritos no 2º Mutirão de Cadastros dos Armazéns da Família de Curitiba

A Regional Matriz recebe, nesta quarta (30/8) e quinta-feira (31/8), o 2º Mutirão de Cadastros dos Armazéns da Família, na modalidade presencial, para quem não acessa a internet ou tem dificuldades de usar o computador.

Organizado pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN), o evento acontece na Rua da Cidadania Matriz (Praça Rui Barbosa, 101, Centro), no espaço Sine, das 9h às 16h.

A administração regional espera atender mais de 300 pessoas nos dois dias de mutirão. Na primeira edição, em 2022, foram 372 atendimentos no Mutirão de Cadastro do Armazém da Família, sendo 204 novos cadastros.

O cadastramento é aberto para os interessados em comprar nos Armazéns da Família, que têm preços mais acessíveis, benefícios e diversidades de alimentos. Podem comprar nos armazéns os moradores de Curitiba com renda familiar de até cinco salários mínimos.

“Essa é uma importante iniciativa que visa facilitar a adesão ao programa para pessoas que não usam a internet ou têm dificuldades de acesso”, explicou a administradora regional da Matriz, Rafaela Lupion.

Cronograma

Os mutirões serão realizados em todas as regionais e compõem ainda as comemorações dos 34 anos de operação dos Armazéns da Família, em Curitiba. Atualmente, 350.535 famílias estão cadastradas no programa na capital, nas dez regionais da cidade. Do registro geral, 39.088 famílias são atendidas somente na Regional Matriz.

Este ano, o Mutirão de Cadastros dos Armazéns da Família já passou pelas regionais Bairro Novo, Boqueirão e Boa Vista. Nestes três espaços, foram cadastradas 631 famílias.

Em setembro, o evento alcançará as regionais Cajuru e CIC. No mês de outubro, Pinheirinho e Santa Felicidade. Em novembro, o programa chega às regionais Portão e Tatuquara.

Cadastro e Documentação

O Mutirão de Cadastros dos Armazéns da Família é aberto a todos os moradores de Curitiba com renda familiar de até cinco salários mínimos. Os interessados devem comparecer à regional com o mutirão presencial programado na agenda, com os seguintes documentos:

Documentos de todos os membros da família ou moradores da mesma residência:

– RG, CPF, carteira de trabalho obrigatória para maiores de 18 anos.

– Comprovante de renda (holerite ou contracheque) atualizado.

– Se for declarante de Dirf (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte), apresentar a Declaração de Ajuste Anual de Imposto de Renda, ou seja, a declaração completa com aproximadamente sete folhas.

– Se possuir CNPJ (empresa) deve apresentar a Declaração do Simples Nacional, Decore ou Declaração de Inatividade (DCTF).

– Se estiver recebendo Seguro Desemprego, apresentar comprovante.

– Se for aposentado/pensionista ou receber auxílio doença, apresentar demonstrativo de Crédito de Benefício do INSS (que pode ser obtido no caixa eletrônico de seu banco de recebimento) ou no site do INSS.

– Comprovante de residência em nome de um dos membros da família, com data de no máximo três meses. Pode ser conta de luz, água ou telefone, correspondência bancária, condomínio, correspondência de órgãos públicos, cópia do cadastro da unidade de saúde ou do Cadastro Único.

– Dos menores: Certidão de Nascimento ou Carteira de Identidade.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 117 | ABRIL/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS