15 C
Curitiba
segunda-feira, 20 maio 2024

Vacinação contra a gripe começa por crianças e idosos em Curitiba

A partir desta quarta-feira (29/3), crianças e idosos de Curitiba já podem receber a vacina que protege contra a gripe. Com temperaturas mais baixas na cidade, principalmente nas manhãs e fins de tarde, é essencial garantir a proteção, principalmente àqueles que são mais vulneráveis a quadros respiratórios provocados pelos vírus influenza, causador da gripe.

“Após a vacinação contra a gripe, o corpo leva entre 2 a 3 semanas para produzir uma dose segura de anticorpos contra o vírus e ter o efeito esperado de imunização. Por isso, recomendamos que as pessoas fiquem atentas ao chamamento de novos públicos e procurem os postos de aplicação para se proteger”, diz a secretária municipal da Saúde, Beatriz Battistella.

A vacina estará disponível, de segunda a sexta, das 8h às 17h, em 107 unidades de saúde para o público com 60 anos ou mais. Crianças de 6 meses a menores de 6 anos poderão se vacinar nestas mesmas unidades, com exceção da US Ouvidor Pardinho. Confira os endereços no site Imuniza Já Curitiba.

Marina Stefanes aproveitou a agenda de vacinação do filho Vítor Stefanes Ferreira, de 9 meses, para levar também sua avó para receber a dose contra a gripe.

“Hoje é dia da vacina contra a febre amarela do Vitor e não sabia se ele podia tomar no mesmo dia também a da gripe, mas já aproveitei para trazer minha avó. Esse cuidado (vacinação) é importante”, disse Marina.

O menino pôde receber os dois imunizantes no mesmo dia, contra gripe e febre amarela. Ingeborge S. Wagner, de 87 anos, foi vacinada contra a gripe. Bisavó de Vítor, ela diz que sempre se vacinou e faz anos que não fica doente.

Isac Dimbu Makiadi Evangelista, de 3 anos, também recebeu duas vacinas nesta quarta-feira – uma contra a gripe e a terceira dose da anticovid. A mãe, Daiane Makiadi, técnica de enfermagem, ressalta que é necessário fazer o bloqueio das doenças. “Recebo muitas fake news em meu celular, mas não dou atenção. É muito importante vacinar”, disse ela.

Defensor das vacinas, Gilmar João Lusa, de 67 anos, também foi se vacinar no primeiro dia da campanha. Ele atribui o aumento da longevidade com saúde à imunização.

“Tenho três filhos e sempre os levei para vacinar assim que as doses eram liberadas. Eu sempre fui o primeiro da fila, como faço hoje. Vi na TV e vim correndo me proteger”, disse Gilmar.

Avisada pelo aplicativo Saúde Já Curitiba que a vacina da gripe está disponível, Veneranda Vicente Voltolini, de 84 anos, também se vacinou no primeiro dia. “Tomo todas as vacinas e nunca tive nenhuma reação. Nem fico doente”, declarou.

Mais doses

Secretaria Municipal da Saúde vai convocar outros grupos que têm direito à vacina pelo sistema público a partir de recebimento de novos lotes dos imunizantes. O público prioritário de toda a campanha contra a gripe na capital paranaense soma 705,2 mil pessoas.

A vacina oferecida pelo SUS é trivalente e protege contra a cepa da influenza B, influenza A H1N1 e influenza A H3N2 (que causou o surto mais recente de gripe no último ano). A vacina é contraindicada para menores de 6 meses e também para pessoas que tiveram reação anafilática grave em doses aplicadas anteriormente.

Crianças

Fazem parte do público prioritário definido pelo Ministério da Saúde crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias). Para aquelas que serão vacinadas pela primeira vez contra influenza, deve-se considerar o esquema de duas doses, com intervalo de 30 dias entre elas. As demais crianças, que receberam ao menos uma dose da vacina contra influenza em anos anteriores, devem receber apenas uma dose em 2023.

Idosos

São contempladas nesta fase todas as pessoas com 60 anos ou mais, mediante documento de identificação que comprove a idade.

Além de vacinação contra a gripe, idosos que ainda não tomaram o reforço da vacina anticovid bivalente poderão aproveitar a oportunidade e regularizar a situação vacinal. As duas vacinas (contra covid e influenza) podem ser administradas juntas.

Como se vacinar

Para se vacinar, basta apresentar documento de identificação.

A vacina estará disponível, de segunda a sexta, das 8h às 17h, em 107 unidades de saúde para o público com 60 anos ou mais. Crianças de 6 meses a menores de 6 anos poderão se vacinar nestas mesmas unidades, com exceção da US Ouvidor Pardinho. Confira os endereços no site Imuniza Já Curitiba.

A Secretaria Municipal da Saúde orienta a população para que, na medida do possível, evite buscar a vacinação nas unidades mais centrais, cujo movimento é maior, e priorize as demais.

Além da busca direta nas unidades de saúde, o imunizante contra a gripe também será aplicado diretamente nas residências dos acamados com 60 anos ou mais e dos moradores de instituição de longa permanência (ILPs).

Idosos acamados que são acompanhados pelo SUS ou já receberam anteriormente a vacina nesta condição devem aguardar a visita de uma equipe das unidades de saúde. Já os acamados que não são acompanhados pelo SUS devem indicar a condição pelo aplicativo Saúde Já Curitiba. Na tela inicial, basta clicar na aba “Paciente Acamado” e selecionar o paciente indicado.

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 117 | ABRIL/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS