Mais uma vez, a torcida coxa-branca lotou a casa do Coritiba e presenciou de perto uma vitória de 2×0. Desta vez, foi contra o Figueirense e os gols foram de Rodrigão e Igor Jesus. Com o resultado, o Coxa garantiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 26 pontos, a apenas dois do Líder Bragantino.

Entraram em campo com a camisa coxa-branca os seguintes jogadores: Alex Muralha, Diogo Mateus, Rafael Lima, Sabino, William Matheus, Matheus Sales, Thiago Lopes, Giovanni (Patrick Brey), Juan Alano, Welissol (Rafinha) e Rodrigão (Igor Jesus).

O próximo jogo do Coxa também é casa, contra o Brasil de Pelotas, terça-feira (13), às 21h30. Para esta partida, o clube promoveu uma promoção de ingressos. Saiba mais aqui.

Sobre o jogo

O Coritiba encontrou muita dificuldade no primeiro tempo de partida, frente a equipe do Figueirense, que se mantinha muito recuada. O Coxa chegou com perigo logo nos minutos iniciais, quando Juan Alano cobrou escanteio e o goleiro adversário defendeu. Depois, manteve o domínio da bola, mas sem criatividade efetiva. Já no final da etapa, Rodrigão foi de cabeça e a bola passou por cima.

Na segunda, o técnico promoveu as primeiras substituições da partida. Rafinha, que estava de fora por lesão muscular, entrou no lugar de Welissol. Patrick Brey, também recuperado, substituiu Giovanni e o time foi pra cima. Foi uma etapa bem melhor, já que o Coxa apresentou mais chances e concretizou uma, com Rodrigão. Ele mandou no cantinho do gol, depois de cobrança de escanteio de Thiago Lopes, sem chances para o goleiro adversário, abrindo o placar no Alto da Glória.

Antes, vale o destaque pra grande chance que teve Giovanni. Ele mandou uma bomba do meio-campo e o goleiro deles tirou com a ponta dos dedos. E teve defesa importante do Muralha também! Ele caiu pra salvar a investida de Willian Popp.

Depois do gol, o Rodrigão saiu para a entrada do prata da casa Igor Jesus. E foi dele mesmo que saiu o segundo gol da partida, que fechou com chave de ouro o placar. Patrick Brey roubou a bola, na entrada da área, mandando na medida para o camisa 19, que comemorou muito.