O Rubro-Negro precisou de menos de um minuto para abrir o placar. Leo Ataíde recebeu pela direita, disparou em velocidade, passou pela marcação e tocou para trás. Reinaldo apareceu livre no meio da área e tocou de primeira, no cantinho.

O time manteve a pressão e conseguiu chegar com perigo novamente aos 5′, com Reinaldo cabeceando por cima do gol. E as chances continuaram aparecendo. Rômulo, por duas vezes, fez o goleiro trabalhar e Lucas Fasson cabeceou perto do travessão.

O segundo gol athleticano saiu aos 33′. Leo Ataíde tocou na direita para Reinaldo, que levantou na área. A bola passou por Rômulo e Davi apareceu na segunda trave para concluir para a rede.

Ainda na primeira etapa, Rômulo quase aproveitou cruzamento de Pedrinho e Davi parou em mais uma defesa do goleiro Flaysmar.

Na segunda etapa, o Furacão continuou em cima do adversário. E o gol não saiu graças a Flaysmar que fez grandes defesas em finalizações de Juninho, Davi e Jonathan.

Aos 23′, o União conseguiu descontar em um lance de má sorte da defesa rubro-negra. Em cobrança de falta, Barreto chutou, a bola desviou nas costas de Reinaldo e tirou o goleiro Anderson da jogada.

O Athletico teve outra grande chance aos 26′, quando Reinaldo foi empurrado dentro da área. Jonathan bateu o pênalti, a bola explodiu no travessão e bateu em cima da linha. E

aos 31′, novamente a bola acertou o travessão, em cobrança de falta de Reinaldo.

Flaysmar salvou o União mais uma vez, em chute de Julimar. E a defesa do time do interior ainda salvou uma bola em cima da linha um chute de Jonathan, aos 47′.

O lance que definiu o empate aconteceu aos 49′. Jesus recebeu cruzamento na área e chuta prensado. Wellisson aproveitou a sobra e mandou para o gol, fechando placar em 2 a 2.