O cineasta Bruno Barreto, um dos expoentes do cinema brasileiro, estará em Curitiba neste fim de semana. Ele é o convidado para a masterclass do Cine Passeio para falar sobre “O diretor de cinema – ofício e arte”, acerca das atribuições da direção cinematográfica. A palestra será no sábado (27/7), a partir das 16 horas, na Sala de Cursos.

Indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro, em 1997, pela direção de O Que É Isso, Companheiro?, Barreto é autor de clássicos nacionais, como “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (1978).

Também foram dirigidos por ele os filmes Menino do Rio (1982), e a versão para o cinema de Gabriela Cravo e Canela (1983), entre outros.

A programação do Cine Passeio para este fim de semana já começa com a Sessão Surpresa, à meia-noite desta sexta-feira (26). O público saberá o título do filme somente quando a projeção começar. Os curadores Marden Machado e Marcos Jorge dão algumas dicas: “é um filme de terror, relativamente recente e é simplesmente de arrepiar”.

Além da sessão da meia-noite com essa novidade, os filmes infantis mais populares continuam em cartaz na última semana de programação especial de férias. Em sessões à tarde estão programados os filmes “Turma da Mônica – Laços” e “Pets – A Vida Secreta dos Bichos 2”. No domingo, a matinê apresentará “Homem-Aranha no Aranhaverso”, vencedor do Oscar de melhor filme de animação.

Para o público adulto, continuam em cartaz dois filmes que têm feito grande sucesso nas salas do Cine Passeio: Dor e Glória (na sua sexta semana) e Rocketman (que entra na sua sétima semana). Entre as estreias, “O Mistério do Gato Chinês”, do premiado diretor Chen Kaige, uma superprodução chinesa cheia de efeitos especiais, e o suspense “Ted Bundy – A Irresistível Face do Mal”, com ZacEfron, sobre a vida do famoso serial killer americano.

Ofício e Arte

Um dos maiores diretores de cinema do país, o cineasta Bruno Barreto é o convidado para a masterclass que acontece sábado (27). “O diretor de cinema – ofício e arte” é o tema proposto para o cineasta, que explicará quais são de fato as atribuições do diretor numa produção. Bruno Barreto, que nasceu no meio cinematográfico e iniciou sua carreira aos 17 anos, fez 26 filmes. Seu maior sucesso foi “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (1978).

Confira aqui a programação completa do Cine Passeio.