15.6 C
Curitiba
segunda-feira, 22 abril 2024

Com Ecos de Zumbi, Acadêmicos da Realeza é a campeã de Curitiba

A Escola de Samba Acadêmicos da Realeza é a campeã do Carnaval de Curitiba 2024. O título foi conquistado após a apuração, nesta segunda-feira (12/2), das notas dos desfiles das escolas de samba, realizados no sábado e no domingo, na Avenida Marechal Deodoro. A Escola de Samba Mocidade Azul, que levou o troféu no ano passado, ficou na segunda posição, como vice-campeã. Em terceiro ficou a novata Deixa Falar, que em seu segundo desfile já despontou como candidata promissora.

“Depois de 11 anos como vice e de um trabalho ainda mais preciosista, chegamos ao campeonato. Estávamos sonhando com esse momento”, disse emocionada a diretora de Marketing da Acadêmicos da Realeza, Bárbara Murden. A escola levou para avenida o enredo Ecos de Zumbi, para enfatizar a presença afro na história da cidade. “Quisemos mostrar que todos os gêneros, todas as raças, todas as etnias e todas as religiões precisam ser respeitadas. Os ecos de Zumbi realmente ecoaram na Marechal Deodoro e nós saímos campões. Axé Zumbi!”, festejou. 

A Escola de Samba Leões da Mocidade foi a mais bem pontuada entre as agremiações do grupo de acesso. Com isso, no desfile do ano que vem estará entre as escolas do grupo especial. A Imperatriz da Liberdade, que ficou em último no grupo especial, vai desfilar no próximo ano entre as escolas do grupo de acesso. 

O presidente da Mocidade Azul, Altamir Lemos, observou que o carnaval curitibano vem crescendo. “Houve uma competição e com isso quem cresceu foi o carnaval de Curitiba, que somos todos nós, todas as escolas. Vamos nos unir para ficarmos mais fortes”, declarou Altamir, depois de agradecer a Fundação Cultural e o prefeito Rafael Greca pelo apoio. 

Wilson Paulino, presidente da Leões da Mocidade, também agradeceu a Fundação Cultural de Curitiba e dedicou a conquista à comunidade que participou da preparação e produção do espetáculo. “Parabenizo a Fundação Cultural pelo lindo carnaval, sempre preocupada em melhorar, avançar, buscando um desfile da melhor qualidade”, disse Paulino. 

Torcidas

A apuração foi realizada no Salão de Atos do Parque Barigui, sob a coordenação da Comissão do Carnaval, presidida por Jaciel Teixeira. Os diretores das escolas acompanharam a abertura dos envelopes, enquanto as torcidas comemoravam junto ao telão, colocado do lado de fora, o anúncio de cada nota. Dezoito jurados avaliaram nove quesitos: bateria, samba enredo, mestre sala e porta bandeira, comissão de frente, enredo, fantasia, alegorias e adereços, harmonia e conjunto.

A presidente da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Ana Cristina de Castro, entregou o troféu ao presidente de honra da  Acadêmicos da Realeza, Luiz Godoy, parabenizando todas as agremiações pelo espetáculo maravilhoso que levaram à avenida Marechal Deodoro. Ana Castro destacou a organização e a harmonia que caracterizaram todos os eventos oficiais do Carnaval curitibano. 

“Mais uma vez pudemos festejar a alegria que tomou conta do centro da cidade, com o desfile das escolas de samba, o Zombie Walk, o baile infantil, e também durante o pré-carnaval no centro e nos bairros. Foi uma festa animada, tranquila, que divertiu as famílias”, disse a presidente da FCC. 

O diretor de Ação Cultural da FCC, Edson Bueno, também acompanhou a apuração e fez a entrega do troféu à vice-campeã. 

Relacionados

EDIÇÃO IMPRESSA Nº 116 | MARÇO/2024

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS