Novas flores vão deixar o outono mais colorido no Jardim Botânico

Se ninguém resiste a uma foto com o Jardim Francês do Jardim Botânico ao fundo, o cenário promete ficar ainda mais charmoso nos próximos dias. As equipes responsáveis pela manutenção e troca de flores trabalham na preparação do solo e no plantio das 65 mil petúnias que irão compor os canteiros geométricos que ficam em frente à estufa durante o outono.

A previsão é para que tudo esteja concluído em cerca de 15 dias, de acordo com a engenheira agrônoma Josy Moraes, responsável pela equipe de manutenção do Jardim Botânico. Serão plantadas petúnias sortidas, nas cores de rosa, azul e branco vindas do Horto Municipal do Guabirotuba.

“Estamos incorporando composto orgânico, em todos os canteiros do Jardim Francês. Isso deve proporcionar uma melhoria na fertilidade, e na estrutura do solo, e consequentemente, teremos plantas mais sadias, mais floríferas e coloridas, com folhas mais verdes”, explicou a engenheira.

O material, oriundo da compostagem de poda vegetal de pequenos galhos, roçada de gramados, terra vegetal entre outros elementos, colabora com a manutenção da umidade e pode resultar em economia de água para rega.

Cuidado constante

O diretor do Departamento de Produção Vegetal da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, José Roberto Roloff, lembrou que o cuidado com o local é constante. “As flores, em geral, são trocadas com a frequência aproximada de três meses, respeitando o ciclo de vida da planta. Também levamos em consideração a resistência conforme as condições do clima”, disse. 

Na estufa, avançam os serviços de recuperação, com o tratamento da estrutura metálica interna e externa, uma das etapas mais delicadas do processo, que ainda envolve a retirada dos vidros. O trabalho já está próximo das cúpulas da estufa.