Com a escassez da Pfizer Baby (tampa vinho) e Pfizer Cominarty (tampa roxa), a vacinação anticovid para alguns públicos será concentrada em dez unidades de saúde, a partir desta segunda-feira (4/9). A medida visa otimizar o uso de doses disponíveis.

Serão impactados pelas medidas: bebês e crianças de 6 meses a 4 anos (1ª, 2ª e 3ª dose), adolescentes de 12 a 17 anos (1ª dose, 2ª dose e reforço) e pessoas com 18 anos ou mais que ainda precisem realizar o esquema primário (1ª e 2ª dose).

“Essa medida visa otimizar o uso das doses disponíveis, evitando desperdícios, até que os estoques do município voltem a ser reabastecidos pelo Ministério da Saúde, responsável por enviar os imunizantes”, explica o secretário municipal interino da Saúde, Juliano Gevaerd.  

No caso dos bebês de 6 meses a 3 anos permanece a orientação de realizar o agendamento prévio da vacina pela Central Saúde Já Curitiba, pelos telefones 3350-9000, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h, e aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 20h.

 

Sem impacto

Não há impacto na vacinação anticovid de crianças de 5 a 11 anos e também na vacinação do reforço com a bivalente para todos que têm essa indicação.

Para esses públicos, a vacinação permanece disponível em mais de cem locais. Os endereços e horários podem ser conferidos no site Imuniza Já Curitiba.

Reforço com bivalente

Têm indicação para realizar o reforço anticovid com a vacina bivalente todos com 18 anos ou mais que tenham tomado ao menos duas doses da vacina anticovid monovalente anteriormente e tenham, no mínimo, 120 dias de intervalo desde a última aplicação.

O reforço com a bivalente também está liberado para trabalhadores da saúde e pessoas com 12 anos ou mais, que se encaixem em uma das seguintes situações: imunossuprimidos, gestantes, puérperas (mães que tiveram filhos há 45 dias), aqueles com deficiência permanente ou com comorbidades, acamados, indígenas, moradores de instituições de longa permanência e de residência inclusiva.

Orientações

Pessoas que tiveram covid-19 devem aguardar pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas para se vacinar. No caso de pessoas que tiveram outras doenças, a orientação é que aguardem a ausência de sintomas.

Pontos de vacinação

Confira a lista de pontos de vacinação anticovid para bebês e crianças de 6 meses a 4 anos (1ª, 2ª e 3ª dose), adolescentes de 12 a 17 anos (1ª dose, 2ª dose e reforço) e para o esquema primário (1ª e 2ª dose) de pessoas com 18 anos ou mais.

Distrito Sanitário Boa Vista
Unidade de Saúde Vila Diana
Rua René Descartes, 537 Abranches
Das 8h às 19h, de segunda a sexta

Distrito Sanitário Pinheirinho
Unidade de Saúde Vila Feliz
Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo
Das 8h às 19h, de segunda a sexta

Distrito Sanitário Portão
Unidade de Saúde Vila Guaíra
Rua São Paulo, 1.495 – Vila Guaíra
Das 8h às 19h, de segunda a sexta

Distrito Sanitário Bairro Novo
Unidade de Saúde do Bairro Novo
Rua Paulo Rio Branco de Macedo, 791 – Sítio Cercado
Das 8h às 19h, de segunda a sexta

Distrito Sanitário Boqueirão
Unidade de Saúde Visitação
Rua Bley Zorning, 3.136 – Boqueirão
Das 8h às 19h, de segunda a sexta

Distrito Sanitário CIC 
Unidade de Saúde Oswaldo Cruz
Rua Pedro Gusso, 3.749 – Cidade Industrial
Das 8h às 19h, de segunda a sexta

Distrito Sanitário Santa Felicidade
Unidade de Saúde Bom Pastor
Rua José Casagrande, 220 – Vista Alegre
Das 8h às 19h, de segunda a sexta

Distrito Sanitário Matriz
Unidade de Saúde Mãe Curitibana
Rua Jaime Reis, 331 – Alto do São Francisco
Das 8h às 19h, de segunda a sexta

Distrito Sanitário Tatuquara
Unidade de Saúde Monteiro Lobato
Rua Olivio José Rosetti, 538 -Tatuquara
Das 8h às 19h, de segunda a sexta

Distrito Sanitário Cajuru
Unidade de Saúde Cajuru
Rua Pedro Bochino, 750 – Vila Oficinas
Das 8h às 19h, de segunda a sexta

Confira no site Imuniza Já Curitiba a lista completa de todos os pontos de vacinação, com endereços e horários de funcionamento.