A partida deste sábado começou bastante equilibrada, com as duas equipes buscando o ataque, mas sem criar oportunidades claras.

A partir dos 20′, o Athletico passou a chegar com mais perigo. Marcelo Cirino quase aproveitou uma saída errada da defesa adversária.

Por pouco, o placar não foi aberto em uma linda trama de ataque, aos 25′. Terans acertou um passe perfeito para Vitinho na esquerda. O atacante dominou e rolou para o próprio Terans, que chegou batendo forte e acertou o travessão!

O Furacão já merecia o gol. Aos 29′, Pedro Henrique lançou na área para Marcelo, que iria ficar cara a cara com o goleiro, mas foi calçado por trás por Isla. Pênalti, que Terans bateu colocado, no canto direito, sem alcance para Hugo!

O Flamengo tentou reagir, mas esbarrou em uma bem postada defesa athleticana. E quando foi preciso, Bento também apareceu com segurança.

O Athletico voltou do intervalo ainda mais intenso. Vitinho, batendo cruzado, acertou a rede pelo lado de fora. Terans arriscou da entrada da área e a bola passou raspando o travessão. Canobbio quase marcou de cabeça após escanteio batido por Terans.

E quando o Flamengo se lançou ao ataque em busca do empate, o sistema defensivo do Furacão se impôs. Nas poucas vezes que o Flamengo conseguiu finalizar, Bento estava lá para garantir o resultado.