Na primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2020, disputada neste sábado (08), no estádio Couto Pereira, o Coxa não conseguiu somar pontos já que sofreu a derrota por 1 a 0 do Internacional. As melhores chances de gols do Coritiba vieram no primeiro tempo, mas o adversário foi mais eficiente e abriu o marcador na etapa complementar.

Agora o Coxa enfrenta o Bahia no segundo jogo da competição nacional, fora de casa. A partida acontece na quarta-feira (12), às 20h30.

O jogo

O Coritiba retornou ao Campeonato Brasileiro de Série A nesta partida contra o Internacional. Para o jogo, o treinador Eduardo Barroca promoveu algumas alterações em relação ao último compromisso alviverde. Sem poder contar com Rafinha, que realizou uma cirurgia após uma fratura no tornozelo esquerdo, o Coxa foi com Wilson, Patrick Vieira, Rodolfo Filemon, Sabino, William Matheus, Nathan Silva, Matheus Galdezani, Ruy, Gabriel, Robson e Igor Jesus.

O início do jogo foi com domínio coxa-branca, que tentava impor o ritmo e fazer valer o fator casa. Aos poucos, o Internacional passou a equilibrar as ações da partida, inclusive, exigindo uma boa defesa do goleiro Wilson, que espalmou para escanteio o chute de Saravia.

Aos 26’, Patrick Vieira bateu falta com perigo, já que a bola quicou e quase enganou o goleiro Marcelo Lomba. Robson também teve chance, mas foi travado. Mas a melhor chegada coxa-branca foi com Matheus Galdezani que acertou um chutaço no travessão.

Para a etapa complementar, o Coxa voltou com a mesma formação. E quem tomou as iniciativas foi o Internacional, se impondo no jogo. Barroca então promoveu as entradas de Renê Júnior e Wellissol, nos lugares de Ruy e Robson.

O Coxa não conseguia armar as jogadas agudas ofensivas, até que o Internacional acabou abrindo o placar aos 26’. Barroca então mudou mais duas vezes, com as entradas de Wanderley e Sassá, nos lugares de Gabriel e Igor Jesus. E a última mudança foi a entrada de Matheus Bueno no lugar de Matheus Galdezani.