Jogando em casa e precisando de um bom resultado para deixar as últimas posições, o Fortaleza buscou o ataque desde o início do jogo. Mas duas grandes defesas de Bento, em finalizações de Yago Pikachu e Moisés, mantiveram o placar fechado.

A melhor oportunidade athleticana na primeira etapa aconteceu em um cruzamento de Abner, em que a bola acertou o travessão. 

No segundo tempo, o adversário seguiu pressionando e teve o domínio das ações, mas não conseguiu criar muitas chances reais de gol.

Para o Rubro-Negro, Tomás Cuello finalizou com perigo, aos 10′, após boa jogada de Terans. E já aos 42′, Matheus Babi quase deu a vitória ao Furacão. Ele recebeu lançamento na entrada da área e, na saída do goleiro, tocou por cobertura. Por muito pouco, a bola saiu por cima do travessão.