Próximo do G-8, o Athletico chegou na Arena do Grêmio tentando entrar novamente na área de classificação para a CONMEBOL Libertadores 2021.

Paulo Autuori, com COVID-19, não viajou para Porto Alegre. O auxiliar técnico António Oliveira foi quem comandou a equipe na beira do gramado.

Na primeira etapa, foram diversas chances athleticanas, principalmente com o quarteto ofensivo formado por Jadson, Léo Cittadini, Nikão e Carlos Eduardo.

Uma das melhores oportunidades do Furacão veio aos 19 minutos, quando Cittadini recebeu na área e tentou o toque na saída do goleiro. Paulo Victor defendeu.

O segundo tempo seguiu muito movimentado, com as duas equipes buscando o ataque. O Furacão quase abriu o placar aos seis minutos, em uma das especialidades do meia Jadson. Mas a cobrança de falta passou raspando a trave.

Dois minutos depois, foi a vez do Grêmio chegar bem. Jean Pyerre mandou chute da entrada da área e Santos fez uma linda defesa. Aos 13 minutos, Diego Souza teve um gol anulado, por falta em Santos antes da finalização.

O Grêmio conseguiu marcar aos 31 minutos. Após finalização, a bola sobrou para Thaciano, que chutou forte e marcou o gol da vitória.

No outro jogo da rodada, o Santos empatou com o Fluminense, chegou aos 54 pontos e acabou com as chances de Libertadores para o Rubro-Negro.

Para encerrar o Brasileirão 2020, o Ahtletico enfrenta o Sport, na próxima quinta-feira (25). O duelo será às 21h30, no Estádio Joaquim Américo e o Furacão luta parar terminar na nona posição.